Luiz Costa/Hoje em Dia
Instalado na avenida Amazonas, posto de observação da PM acumula sujeira e está pichado










Sujo, inseguro, repleto de camelôs, mendigos e usuários de droga. Esse é o retrato da degradação do Centro de Belo Horizonte, por onde passam todos os dias 1,7 milhão de cidadãos que veem seus direitos desrespeitados pela inércia do poder público.